<$BlogRSDUrl$>

segunda-feira, dezembro 15, 2003

Um mundo ainda melhor 

Todos concordamos que para um mundo ainda melhor bastava não existir o Luís Delgado. Cada artigo de opinião deste execrável abutre é um atentado à nossa paciência. O artigo de hoje (15/12/2003) no diário digital é disso prova. Passo a citar um excerto:
"Hitler acabou com um tiro na cabeça e regado de gasolina nos jardins da Chanceleria. Saddam acabou capturado e desgrenhado, numa operação sem um único tiro, quando dormia na «paz» dos psicopatas, numa cave imunda. Um deveria ter sido julgado em Nuremberga, mas o outro vai a um Tribunal Especial Iraquiano para o condenar por todos os crimes de genocídio e contra a humanidade que cometeu. Os dois, felizmente, foram vencidos por países democráticos, que empenharam a suas forças e vontades contra tiranos fanáticos, que assassinaram milhões de pessoas, com uma impunidade que parecia não ter fim. (...)
Bush, Blair, Aznar, Durão Barroso, Berlusconi e tantos outros sentirão agora, como em 1945, mesmo contra os «vencidos da vida», os apaziguadores de serviço, os que nunca tiveram coragem de enfrentar as dificuldades, que valeu a pena este combate pela liberdade mundial. É um momento de glória, mas também de reflexão e agradecimento pelos que morreram em nome de uma causa justa, boa, e nobre."

1º Arrepia-me a felicidade deste tipo com a mais que certa execução do "Tirano". Obviamente não sou nenhum defensor de Saddam nem das suas atrocidades, mas qualquer ser humano, por piores crimes que tenha cometido, tem o direito à vida, senão corremos o risco de sermos tão assassinos como quem estamos a julgar. Que eu saiba ainda não foi atribuido a ninguém o direito de roubar a vida ao próximo.
2º Se cometeu crimes contra a humanidade deveria ser julgado num tribunal internacional e não num tribunal iraquiano.
3º A cegueira que mostra quando defende estoicamente os EUA é impressionante. Considera-os salvadores, bem-feitores, o "BEM" que luta contra o "MAL". O BEM!!!?? Qual BEM!!?? O "BEM" que, quando lhes interessou, armou o Iraque permitindo-lhes desta forma arrasarem milhares de inocentes? O "BEM" que luta contra uns tiranos, e deixa outros impunes. Ou será que o que se passa na Coreia do Norte são puras mentiras, como o próprio Kim Jong II afirma em relação aos campo de extermínio que toda a gente sabe existirem e ninguém faz nada.
4º Por último, os "apaziguadores de serviço" ou os "vencidos da vida" como o próprio abutre apelida, apenas lutam por um mundo justo e não um mundo que se subjuga e que é obrigado a acreditar na justiça e na verdade dos mais fortes. Ou o abutre esquece-se que até à data não foram apresentadas quaisquer provas que legitimassem a invasão ao Iraque.

Comments: Enviar um comentário





This page is powered by Blogger. Isn't yours?